De Cupcaker a Engenheiro Android Sênior em 3 anos – aqui está a história da carreira de um Caker…
About Us Android

De Cupcaker a Engenheiro Android Sênior em 3 anos – aqui está a história da carreira de um Caker…

Não é fácil construir e nutrir uma equipe híbrida-remota; você precisa dedicar igual tempo e esforço ao desenvolvimento pessoal e profissional de cada funcionário. Porque quando você faz isso, o talento pode florescer dos lugares mais inesperados.

Foi exatamente isso que aconteceu quando Diego Almeida de Oliveira veio pela primeira vez à Cheesecake Labs em 2017. Ao longo de 3 anos e meio, Diego cresceu de um estagiário – ou “Cupcaker”, como gostamos de dizer – para um dos Engenheiros Android Sênior mais qualificados e conceituados, fornecendo aplicativos móveis incríveis para clientes como Tapcart e Singularity University.

Diego recentemente deixou a família Cheesecake Labs para seguir seu caminho rumo aos Estados Unidos e (com sorte) morar no Canadá em breve.

Antes de sua partida, sentamos para refletir sobre seu tempo como parte de nossa equipe…

Como foi seu primeiro contato com a Cheesecake Labs?

Comecei a ver algum conteúdo sobre o Cheesecake Labs no Facebook, e naquela época já tinha interesse em trabalhar com desenvolvimento para Android. A partir daí, estabeleci como meta trabalhar no Cheesecake Labs.

Como foi sua jornada como Caker?

Incrível!

Quando me inscrevi para o job, meu conhecimento em Android era quase zero e eu tinha acabado de me formar, então não tinha nenhuma experiência como desenvolvedor. Uma das etapas do processo seletivo foi o desafio de desenvolver um aplicativo Android, e foi quando percebi que não sabia de nada.

No entanto, o desafio era tão bem estruturado que, ao trabalhar nele, aprendi muito. Agora percebi que o desafio marcou o início da minha carreira como desenvolvedor Android na Cheesecake Labs.

Fui contratado como “Cupcaker” (que é a posição de trainee) e a partir daquele momento minha carreira disparou. Ter um ambiente com colegas altamente capacitados, projetos incríveis e a Cheesecake Labs motivando nosso desenvolvimento profissional através de workshops, grupos de estudos, eventos, cursos, leituras técnicas, entre outros, foi fundamental para o meu crescimento.

Quando comecei na Cheesecake Labs, era uma pessoa muito insegura e medrosa, mas em cerca de 3 anos me tornei um desenvolvedor Android Sênior e hoje em dia sou uma pessoa diferente. Agora acredito em mim mesmo, reconheço que sou capaz e que posso liderar sem medo o desenvolvimento de projetos internacionais.

A Cheesecake Labs soube explorar minhas competências e devo muito do meu crescimento a ela.

Como você escolheu uma carreira no desenvolvimento de dispositivos mobile?

Experimentei muitas áreas diferentes de desenvolvimento de software antes de começar a trabalhar, e o desenvolvimento mobile foi o que me apaixonei. A ideia de criar aplicativos que posso usar em qualquer lugar sempre me surpreendeu.

Nunca foi um problema para mim se esta área teria ou não uma alta demanda, mas sou grato por ter me envolvido, pois acabou sendo uma área com altíssima demanda.

O que você diria que é o mais importante se ter em mente ao trabalhar como engenheiro mobile?

A área mobile está no início de uma longa e bem-sucedida jornada. É claro que algumas frameworks serão lançadas e outras deixadas para trás, mas a tendência da tecnologia é se tornar mais “mobile” com o tempo.

Novas tecnologias estão sempre surgindo e algumas se tornando obsoletas, e o ritmo em que isso acontece pode levar à incerteza sobre se vale ou não a pena investir em determinadas áreas.

Acredito que o desenvolvimento mobile não só existirá por muito tempo, mas também crescerá muito.

Qual seria o seu conselho para quem deseja construir uma carreira em Engenharia Mobile?

Eu os aconselharia a não se concentrarem tanto nas particularidades dos frameworks mobile. Eu digo isso por uma série de razões.

Não adianta saber tudo sobre Android, tipo saber fazer uma interface do usuário agradável, se você vai errar nas questões básicas de desenvolvimento de software. Mas isso não é tudo. Se você é um desenvolvedor que escreve um código limpo e bem estruturado e respeita os princípios da programação, não só será um grande desenvolvedor mobile, mas também um grande desenvolvedor em geral.

Há um ponto em nossas carreiras em que percebemos que as particularidades de uma framework não são o mais importante. Se você é um bom desenvolvedor e um dia seu framework favorito se torna obsoleto, você não deve começar como um desenvolvedor júnior ao mudar para outro framework, simplesmente porque você já domina os fundamentos da programação que pode encontrar em qualquer plataforma.

Olhando para trás, há algum mentor ou influência especial que se destaca para você?

Existem muitas pessoas que foram cruciais para o meu crescimento e que me inspiraram e orientaram.

Posso dizer que na minha carreira, uma pessoa foi essencial: o atual CEO da Cheesecake Labs, Marcelo Gracietti. Ele me orientou logo no início da minha carreira e sempre me deu conselhos que ainda sigo hoje. Além da sua orientação, outra coisa inspiradora para mim foi sua forma eficiente e objetiva de trabalhar.

Diego Almeida - End of year party (December 2018)

Diego Almeida – Festa de fim de ano (dezembro 2018)

Quais são seus próximos passos? E o que você sentirá falta da Cheesecake Labs?

Um dos meus maiores sonhos é morar no exterior, especificamente no Canadá. Felizmente, a experiência que ganhei na Cheesecake Labs me ajudou a chegar mais perto de realizar esse sonho. No momento, estou focado em trabalhar para atingir esse objetivo e talvez trabalhar em uma empresa tão legal quanto a Cheesecake Labs, mas no Canadá.

Há tantas coisas que vou sentir falta. Acho que a preocupação e o cuidado que a Cheesecake tem com seus funcionários é o que eu mais sentirei falta. Sempre me senti muito acolhida e, para mim, sempre foi muito claro que a Cheesecake realmente se preocupa conosco, nos escuta e faz todo o possível para que todos se sintam bem, felizes e realizados.

A Cheesecake Labs, para mim, não era simplesmente um lugar para trabalhar; era minha segunda casa e minha segunda família.

Você poderia trabalhar na Cheesecake Labs?

A história do Diego apenas mostra o que pode acontecer quando o talento certo chega ao lugar certo, ao lado da equipe certa.

O que vem por aí para sua carreira? Confira nossas oportunidades de carreira mais recentes – vai saber aonde um aplicativo pode te levar.

About the author

Marcelo Gracietti

Jumped drillships to join great friends on their amazing mission, exploring his developer/entrepreneur skills. Loves traveling and can cook a lasagna better than his grandmother.

Need a team for your projects?
We'd love to hear your ideas!

Connect with us!